Investimento em mídia é todo o dinheiro que uma empresa aplica em formas de promoção não orgânicas, como anúncios em redes sociais, compra de espaço em jornais e revistas e spots na televisão. Essa ainda é uma das técnicas mais consolidadas para aumentar a visibilidade de uma marca, embora recursos como o Marketing de Conteúdo venham ganhando popularidade.

Em vez de serem excludentes, todavia, os investimentos em mídia e as formas alternativas de promoção são complementares. Juntas, elas podem oferecer a exposição de que um negócio precisa para ser lembrado pelo consumidor no momento mais oportuno.

No artigo de hoje, vamos mostrar como investir em mídia corretamente, escolher os canais mais eficientes para a promoção de um negócio e multiplicar os resultados Pronto? Então dá só uma olhada nas dicas que preparamos para você!

Como definir o investimento em mídia de uma empresa?

O primeiro desafio que as empresas encontram para fazer o investimento em mídia de maneira eficaz está na definição dos orçamentos. Quanto do seu faturamento deve ser dedicado a comprar espaço para as suas campanhas?

Em geral, os investimentos em mídia devem ser calculados em função do ROI (Return On Investment ou, em português, retorno sobre o investimento), uma métrica utilizada para entender quais resultados foram consequência direta de uma determinada iniciativa.

Para entender melhor o ROI, pense na compra de um equipamento como um computador. Se você gasta um valor X, mas é capaz de produzir bens e serviços no valor de X*0,5 o ROI obtido pode ser calculado pelo retorno – custo / custo * 100. O valor do ROI é sempre uma porcentagem, que dá margem para entender o quão vantajosa foi determinada ação.

No entanto, calcular o ROI só é possível com algumas informações que obtemos depois de fazer o investimento. Isso não é útil, em um primeiro momento, para definir o orçamento de mídia. Caso você já tenha experiência com a compra de espaço publicitário, todavia, terá uma noção do ROI e poderá utilizar essa métrica em suas próximas decisões.

Se for a primeira vez que está investindo em mídia, você deve considerar dados como os obtidos em seu Google Analytics, por exemplo, para calcular um provável ROI. Taxas de conversão e tickets médios são bons indicativos de quanto um negócio deve investir em promoção.

Pensando em faturamento e nessa duas variáveis, é possível projetar um objetivo, ou seja, definir o quanto se quer aumentar nesse faturamento com uma compra de mídia. Vale lembrar, no entanto, que nem sempre um ROI positivo é o melhor indicador de que uma compra de mídia será boa para o empreendimento.

Afinal, se a campanha de marketing não for bem executada, é improvável que esse número projetado (ou baseado no histórico, no caso das informações de ROI acumuladas em campanhas anteriores) se prove verdadeiro.

Onde buscar tráfego qualificado?

A chave para um bom ROI é a busca de tráfego qualificado. Esse tipo de audiência é a que interage com um anúncio ou mensagem da empresa com a intenção de adquirir seus produtos ou serviços.

O tráfego qualificado é composto por uma parcela do que chamamos de clientes em potencial, ou seja, pessoas propensas a comprar aquilo que você vende. Entender o perfil desses indivíduos é fundamental para maximizar o ROI dos investimentos em mídia.

Como criar um planejamento de mídia eficaz?

Então, como criar um planejamento de mídia eficaz para o negócio desde o princípio? Os pontos a seguir o ajudarão a se certificar de que uma campanha e sua segmentação são boas o bastante para trazer os retornos projetados na etapa de definição do orçamento:

1. Conheça bem seu público-alvo

Quanto mais conhecimento uma empresa tem sobre seu público-alvo, mais fácil são as iniciativas de marketing. Conhecer a audiência certa para as suas mensagens é entender como ela pensa, quais são suas dores e motivações.

Todos esses dados podem ser coletados junto aos consumidores que você já tem e utilizando técnicas de marketing qualificadas, como a criação de personas.

2. Identifique o que deseja alcançar com o plano de mídia

Um investimento eficaz em mídia, porém, só pode ser feito quando definimos objetivos claros e alcançáveis. Pensar que uma única iniciativa dobrará o faturamento do seu negócio, por exemplo, pode ser exagerado para uma primeira campanha.

Defina metas que correspondem à realidade do mercado e ao posicionamento atual da marca e comece a trabalhar a partir delas.

3. Analise mercado e concorrência

Como a realidade do mercado é um aspecto importante das campanhas de mídia bem-sucedidas, será preciso utilizar inteligência de negócios e benchmarking para precisá-la.

Ao analisar o mercado para projetar uma ação de mídia, considere quantas pessoas estão dispostas a adquirir determinado produto e serviço, quais delas vivem em sua área (caso isso seja um fator determinante para consumi-los) e se podem ser atingidas pelos canais escolhidos.

Na hora de fazer o benchmarking, todavia, você terá de ser um pouco mais criativo. Avaliar como competidores utilizam redes sociais, comerciais na televisão e que efeitos eles obtêm com isso pode ser uma tarefa complicada. Nesse contexto, buscar ajuda junto a um parceiro especializado vai garantir que a estratégia seja executada da forma correta.

4. Selecione as mídias mais eficazes para o negócio

Não adianta investir em mídia apenas por investir — isso é jogar dinheiro fora. É preciso escolher os canais mais adequados para receber os retornos que a sua empresa merece.

Por isso, fazer um bom targeting das pessoas que se deseja atingir é fundamental. Conhecendo seus hábitos, será mais fácil entender o que consomem e onde buscam informações, além de descobrir a maneira mais adequada de se inserir nesses contextos e promover a sua marca.

Por que investir em mídia é vantajoso para os negócios?

Investir em mídia é uma boa opção para os negócios porque cria oportunidades para que eles se promovam para além do público já cativado. São os esforços para aquisição de espaço que criam a chance de uma empresa atingir novos mercados e aumentar sua base de consumidores.

Fazer um bom investimento em mídia torna-se mais fácil com o passar do tempo. Depois de testar e aprovar canais e estratégias específicas, você ganhará experiência para que essa tarefa se torne natural. Colocar parte do orçamento do negócio em mídia é fundamental para garantir sua continuidade e crescimento em longo prazo.

Viu porque uma empresa deve ficar atenta ao investimento em mídia e fazê-lo sempre da forma mais eficaz? Para continuar aprendendo, assine a newsletter da PH3A e receba, em primeira mão, conteúdos ricos como este que lhe ajudarão a elevar a sua marca a outra categoria!