Você já pensou em investir no uso de um software na nuvem para gerar melhores resultados para o seu negócio? Apoiado no cloud computing, esse tipo de ferramenta está auxiliando muitas empresas a terem melhores resultados.

Com um alto nível de versatilidade e flexibilidade, sistemas executados na nuvem conseguem otimizar o ambiente de trabalho de quem pretende cortar custos e colocar a TI no centro do negócio. Assim, é possível gerar oportunidades de vendas com serviços inovadores e competitivos.

Saiba mais sobre ele e como o uso do software na nuvem afeta os seus resultados! Boa leitura!

O que são os softwares em nuvem?

A economia atual trouxe uma série de desafios para empresas. Um ambiente com maior nível de globalização exige que negócios tenham processos ágeis e flexíveis.

O software na nuvem pode ser definido como qualquer tipo de sistema que é acessado utilizando uma conexão de internet. Em outras palavras, o termo é utilizado para definir um conjunto de soluções de TI em que a execução das requisições do usuário é feita em um data center e não localmente.

Isso gera uma série de mudanças na experiência do usuário. As atualizações, por exemplo, são feitas diretamente no servidor, garantindo o acesso fácil a novos recursos.

Além disso, a gestão é centralizada, com mudanças sendo aplicadas rapidamente. Isso cria uma ferramenta mais flexível e robusta. Ou seja, o software na nuvem é ideal para o ambiente de trabalho moderno.

Como as infraestruturas de cloud computing podem ser estruturadas?

A nuvem está estruturada em três modelos. Compreender as diferenças entre cada um auxilia o seu negócio a fazer uma escolha alinhada com o tipo de software na nuvem que ela pretende adotar e, assim, melhorar o retorno sobre o seu investimento. Confira os três tipos abaixo!

Nuvem pública

Esse é o modelo mais popular. Aqui, os serviços são disponibilizados para múltiplos usuários a partir de um conjunto de servidores. A empresa pagará conforme o conjunto de recursos contratados e o número de usuários ativos.

O rateio de gastos gera uma redução no valor da assinatura. Porém, em geral, a companhia não pode personalizar todos os detalhes das ferramentas contratadas.

Nuvem privada

Na nuvem privada, uma única empresa mantém e utiliza a infraestrutura de cloud computing. Isso é feito para quem pretende aproveitar os benefícios da nuvem e possui necessidades específicas para os seus sistemas.

Em outras palavras, essa infraestrutura permite que cada detalhe seja modificado conforme o perfil de uso. Porém, como os processos são todos pagos pela companhia, os custos tendem a ser mais altos.

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida combina pontos da nuvem privada e pública para criar uma experiência de maior qualidade para o usuário. Assim, a empresa pode manejar recursos entre os dois ambientes conforme a demanda, criando um uso de tecnologia mais flexível e dinâmico.

Quais são os benefícios do uso de um software na nuvem?

O uso de um software na nuvem pode trazer muitos benefícios para a sua empresa. Confira os 6 principais abaixo!

1. Maior segurança de dados

O software na nuvem é mais protegido contra vulnerabilidades internas da infraestrutura da companhia. Há também a possibilidade de controlar o acesso a recursos de modo centralizado. Junto com o acesso rápido a correções de segurança, essa ferramenta proporciona um alto nível de proteção para o usuário.

2. Flexibilidade nas operações

Ao investir no software na nuvem, o negócio se torna mais flexível. As rotinas serão executadas mesmo que os profissionais estejam longe do seu local de trabalho. Assim, o negócio conseguirá se manter aderente a prazos e garantir a performance de seus serviços.

3. Maior foco nas demandas dos usuários

Para o time de TI, o software na nuvem é uma oportunidade para ter mais foco em processos críticos relacionados ao atendimento dos usuários. Parte dos processos de gestão será direcionada para a empresa responsável pelos serviços de cloud computing, melhorando a disponibilidade dos times locais.

4. Alta escalabilidade

No crescimento de qualquer empresa, a sua escalabilidade é um ponto crítico, pois está diretamente ligada à sua capacidade de atender demandas do mercado. Nesse sentido, o software na nuvem é conhecido pela sua flexibilidade na entrega de recursos.

Sempre que necessário, a empresa poderá reduzir ou ampliar rapidamente o que foi contratado. Isso garante a qualidade dos serviços mesmo quando o time possui alta demanda, uma vez que as ferramentas estarão com o nível de performance esperado.

5. Redução de custos

Ao investir no software na nuvem, o negócio pagará apenas pelos recursos utilizados. Ou seja, não há a necessidade de custear ativos não usados.

Isso traz uma grande oportunidade de reduzir gastos. Com o pagamento mais preciso pelas ferramentas de TI, a companhia conseguirá criar novos investimentos e aumentar os seus lucros.

6. Mais mobilidade

A nuvem também traz mobilidade. As soluções contratadas são disponibilizadas para qualquer ferramenta com acesso à web, o que permite a adoção de rotinas de trabalho remoto, como as de home office.

7. Maior compatibilidade

Como os softwares na nuvem são executados remotamente, é muito mais fácil integrar a ferramenta ao dia a dia dos profissionais. Basta ter um navegador moderno para começar a utilizar a aplicação, sem a necessidade de instalações ou adaptações na infraestrutura interna.

Isso é um grande diferencial para empresas que necessitam modificar a sua infraestrutura rapidamente sem gastar muito. O software na nuvem é integrado ao dia a dia do negócio com alguns passos, independentemente dos computadores utilizados pelos usuários.

A economia atual trouxe uma série de desafios para as empresas. Um ambiente com maior nível de globalização exige que negócios tenham processos ágeis e flexíveis.

Para garantir a qualidade dos serviços, o investimento em novas tecnologias deve fazer parte do conjunto de estratégias da companhia. Soluções como o software na nuvem serão cruciais, nos próximos anos, para garantir uma prestação de serviços com elevado nível de qualidade. Assim, o negócio pode atingir melhores resultados sem comprometer custos ou ter dificuldades para atender às demandas externas.

Você já possui alguma ferramenta de cloud computing integrada ao seu dia a dia? Conte pra gente nos comentários!