O uso de dados já faz parte dos processos de vários negócios. Nas rotinas de marketing e vendas online, a análise de audiência e relevância auxilia o gestor a avaliar a melhor forma de atingir o seu público-alvo e, com isso, otimizar os seus investimentos na área.

Esse processo utiliza informações de vários pontos para auxiliar o gestor a compreender como a sua audiência online está estruturada. Com tais informações, os investimentos ganharão qualidade e precisão, maximizando a capacidade da companhia para captar tráfego e converter visitantes em consumidores fidelizados.

Quer saber mais sobre o tema e como essa estratégia impacta cada etapa do seu processo de vendas? Então, continue acompanhando este post!

O que é uma análise de audiência e relevância?

A análise de audiência e relevância é um processo em que a empresa utiliza soluções de software para analisar dados e estruturar a sua audiência de modo preciso. Esses dados são coletados com o apoio de mecanismos de inteligência artificial capazes de levantar um grande número de registros, mesmo que o cliente seja anônimo.

Informações como o perfil do visitante, a sua renda e as páginas visitadas anteriormente são coletadas, categorizadas e exibidas para o analista responsável pelas peças de marketing digital do negócio. Isso auxiliará a companhia a estruturar uma rotina de prospecção e qualificação de leads muito mais inteligente e precisa.

Para que serve uma análise de audiência e relevância?

Em geral, as estratégias de impulsionamento de conteúdo e anúncios direcionados são feitas a partir de vários canais. A empresa identifica o seu consumidor manualmente, avalia quais são os canais que ele mais utiliza (como Google, Facebook e Youtube) e cria peças de publicidade específicas para cada canal. Esses conteúdos são impulsionados para que a companhia atinja mais pessoas e, com isso, consiga um número maior de vendas online.

Porém, o meio tradicional de realizar essa rotina é pouco eficaz. Dados como o gênero do visitante, a sua faixa de renda e a idade não são identificados facilmente por métodos tradicionais. Isso prejudica a capacidade da companhia melhorar as suas abordagens e o modo como a audiência é filtrada. Afinal de contas, não há como identificar o retorno exato do investimento em cada canal, como Youtube e Facebook.

Por isso a importância de realizar uma análise de audiência e relevância. A sua função é, basicamente, captar o maior número de dados relevantes, a fim de estudar o perfil e comportamento do seu público-alvo. Com base nisso, é possível desenvolver técnicas de prospecção de clientes específicas e eficientes.

Qual a importância de fazer essa análise?

Ao adotar uma rotina de análise de audiência e relevância bem estruturada, o negócio terá menos dificuldades para avaliar a performance de cada canal, o número de vendas convertidas e o perfil de seu visitante.

Assim, a identificação será muito mais abrangente, aumentando a quantidade de leads, o custo do retargeting e os valores necessários para investir em cada anúncio direcionado. Em outras palavras, um número maior de dados será qualificado para dar ao empreendimento a capacidade de visualizar o retorno exato do investimento em cada canal.

Em vez de utilizar cinco veículos para alcançar o público do negócio, a empresa poderá investir apenas nos que forem mais relevantes. Isso torna o orçamento com marketing mais enxuto e alinhado com as reais necessidades do negócio. Além disso, o melhor retorno sobre o investimento será traduzido em mais competitividade e lucratividade para a companhia.

O que avaliar para fazer uma análise de audiência e relevância?

A análise de audiência e relevância começa a partir da identificação do PII (Personally Identifiable Information). Esse dado associa o cookie a uma pessoa, auxiliando o negócio a avaliar com precisão qual o veículo que trouxe o cliente para a página da empresa.

Esse é o melhor indicador que uma empresa pode utilizar para mensurar a sua audiência. Com o PII, é possível cruzar dados de várias fontes para avaliar qual a melhor estratégia para trabalhar o lead e garantir que a venda seja fechada.

Isso ocorrerá pois a empresa terá dados como o gênero do visitante, o seu score de crédito e a renda média. Caso o visitante tenha um perfil de alto risco, por exemplo, a companhia poderá negar o crédito na compra do produto e evitar prejuízos do futuro.

O PII trabalha com todos os usuários (anônimos ou não) para maximizar o número de leads relevantes. Os dados de todas as visitas serão maiores, o que maximiza a competitividade da companhia no seu dia a dia.

Tudo isso será feito com o apoio de tecnologia de análise de dados. Elas transformam o cookie de um visitante em um perfil completo, que pode ser cruzado com registros internos para melhorar as abordagens utilizadas pela companhia.

A tecnologia também permite que a qualificação inicial do lead seja feita de modo automatizado. Com o apoio da inteligência artificial, um cliente de alto valor pode ser direcionado automaticamente a um vendedor sênior, capaz de trabalhar com melhores abordagens de venda.

Além disso, e-mails com descontos, SMS e, até mesmo, o telemarketing poderá ser acionado assim que um cliente de alto valor for identificado. Caso ele abandone o carrinho, por exemplo, a companhia poderá enviar um cupom de desconto, mesmo que ele não tenha preenchido os formulários com os seus dados.

Quais os benefícios de qualificar os leads da empresa?

As novas tecnologias de diagnóstico de dados tornaram a análise de audiência e relevância muito mais abrangente e eficiente. Isso trouxe uma série de impactos positivos para o negócio. Entre eles, pode-se destacar:

  • a possibilidade de aumentar a quantidade de leads identificados e qualificados pela companhia;

  • o menor custo para realizar o retargeting;

  • a melhoria nos custos com o CPM;

  • a possibilidade de reduzir o custo do birô de crédito com uma análise de crédito mais abrangente;

  • a filtragem das campanhas de marketing conforme o risco da empresa e da marca;

  • a maior conversão de visitantes em consumidores.

O marketing em meios digitais está se tornando a principal estratégia de vários negócios. O uso da internet para a venda de produtos permite que os empreendimentos atinjam um maior público, com mais precisão e qualidade. Mas para que isso seja possível, é fundamental que a empresa tenha dados abrangentes sobre o seu público-alvo, pois informações de qualidade auxiliam o gestor a escolher os melhores canais para atingir o seu consumidor prioritário.

Em outras palavras, a análise de audiência e relevância permite que a empresa tenha melhores resultados para encontrar os seus clientes, qualificar os leads e atingir bons resultados a médio e longo prazo. Com informações precisas e coletadas de vários locais, a companhia conseguirá utilizar a análise de dados para converter clientes e melhorar a sua rentabilidade online.

Quer saber mais sobre como a sua empresa pode utilizar a tecnologia para otimizar o marketing online? Então, entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo!