O empreendedor passa por muitos desafios em sua trajetória. Um dos principais é evitar as fraudes. Esse é um problema pode levar a prejuízos inesperados, fazendo sua estratégia ir por água a baixo, o que prejudica seus resultados e atrasa o desenvolvimento do negócio.

Infelizmente, os atos fraudulentos são uma prática que vem se tornando cada vez mais recorrentes aqui no Brasil. Isso demanda uma atenção ainda maior dos empresários para que aprimorem suas defesas e não estejam sujeitos a golpes cada vez mais variados. Neste post, vamos mostrar 7 dicas para que saiba como evitar fraudes em seu negócio. Boa leitura!

1. Conheça todas as pessoas envolvidas no negócio

Certos problemas que acontecem em organizações fogem do controle de auditorias regulares, porém colaboradores, fornecedores e clientes podem ter ciência do que está ocorrendo. Por conta disso, é importante conhecer todas as pessoas envolvidas no negócio.

Em relação aos colaboradores, é necessário realizar uma verificação das referências, buscar saber quais foram os motivos que os fizeram sair de sua antiga empresa, além do currículo e das experiências profissionais passadas. Também é possível checar sua flexibilidade moral, avaliando a ética do indivíduo e a probabilidade de se envolver em riscos.

Muitas organizações usam o potencial de integridade resiliente com o intuito de resolver isso. Trata-se de questionários para avaliar psicologicamente a pessoa por meio de perguntas e desafios de níveis distintos. Dessa forma, pode-se observar como uma pessoa reage às pressões éticas, avaliar e corrigir possíveis problemas.

2. Sempre verifique os dados

A verificação de dados é outro passo importante para evitar fraudes. Investir na criação de um sistema de verificação de dados por e-mail é uma ideia que vai ajudar muito nisso. Mecanismos do tipo captcha também são sempre bem-vindos, pois certificam que é uma pessoa real que está acessando um conteúdo, afastando os robôs.

3. Tenha um sistema confiável para efetuar o pagamento

O sistema de pagamento também é um ponto que merece atenção. É importante sempre ter um site seguro para realizar o armazenamento dos dados do pagamento do cliente, além de um software de confiança para a emissão de boletos. Isso, além de ajudar a evitar fraudes, também visa à segurança do cliente, evitando que seja vítima de ataques e agregando mais confiabilidade ao negócio.

4. Faça um cadastro de clientes

Um cadastro completo e atualizado contém informações importantes para a verificação da legitimidade do consumidor, como telefone, endereço, idade e outros de ordem mais pessoal. Dessa forma, é possível saber exatamente para quem está vendendo seu produto, gerando a certeza de que não está lidando com alguém que não existe ou que utilizou dados falsos.

Tendo todas as informações disponíveis em relação às transações realizadas, ficará mais fácil saber quais foram as aquisições e comprovar a devida entrega do produto. Existem casos em que o cliente não se lembra de que fez certa compra ou em que empresta o cartão para alguém e se esquece disso, o que resulta numa fraude não intencional, também chamada de “fraude amigável”.

5. Analise documentações

Nas compras físicas, a maioria dos cartões têm chips, os quais demandam que uma senha seja inserida para a liberação da venda. No entanto, vale ressaltar que isso não impossibilita a utilização do cartão por outras pessoas, inclusive isso é muito recorrente entre amigos e familiares.

Solicitar a documentação para a identificação de quem está utilizando o cartão e se a pessoa em questão tem autorização para isso é fundamental. Por mais que pareça ser algo de pouca importância, isso pode poupar de futuros problemas. Para isso, é só conferir o RG, garantindo que cartões roubados e clonados não sejam utilizados para fechar transações em seu negócio.

Nas compras em lojas digitais, é necessário também se atentar ao CPF prescrito pelo usuário. A utilização de números cadastrais inválidos é uma prática comum em fraudes na tentativa de realizar o cadastro para fazer a compra. Sendo assim, a verificação desse dado para garantir que ele pertence mesmo ao cliente sempre deve ser feita.

A utilização do site da Receita Federal também é uma ótima solução, informando o nome do titular e se aquele cadastro de pessoa física realmente se encontra em situação regular. Essa medida evita que compras fraudulentas sejam feitas, além de não emitir notas com dados duvidosos, algo que gera grandes problemas para sua empresa.

6. Tome cuidado com compras a partir de determinado valor

É importante estabelecer um valor a partir do qual os dados serão verificados diretamente com o comprador. Conferir informações simples que não constam em documentos escritos pode ser um grande indício de fraude caso o consumidor não saiba responder imediatamente.

Realize perguntas como a idade ou o signo e não a data de nascimento. Caso o cliente hesite em responder, atente-se. Para tirar a prova final, peça para que o indivíduo envie fotos do cartão de crédito. É importante explicar que tudo isso é parte de um procedimento de segurança padrão, pois não é bom que ele pense que seja uma desconfiança ou um caso isolado.

7. Crie um perfil de vendas

É essencial que você conheça bem seu negócio e sua dinâmica de vendas. Esteja sempre de olho nos detalhes, tais como compras feitas em sequência e entregues no mesmo endereço, o que resulta em mais de uma cobrança de frete. Cruze esses dados com as compras anteriores feitas pelo usuário para checar se elas seguem ou não o padrão. Caso fique alguma dúvida ou suspeita, entre em contato com o cliente.

Ao seguir as dicas apresentadas, evita-se muitas maneiras de ser fraudado por pessoas mal-intencionadas. Contudo, é importante tomar as medidas preventivas mais eficientes que estão disponíveis. Existem empresas especializadas no assunto que oferecem soluções para esse problema, assim como a PH3A, a qual pode ser uma grande aliada na busca pela prevenção de fraudes.

Gostou deste post sobre como evitar fraudes? Caso tenha se interessado pelo assunto e queira tomar medidas para proteger seu negócio entre em contato com a PH3A e conheça as soluções que são oferecidas para aumentar a segurança em suas atividades.